5 dicas para tornar o aprendizado em inglês mais divertido

Este post já foi lido 3069 vezes desde 27/06/2015

Sempre que você se propõe a estudar ou aprender algo, você passa por um “processo mental” que te prepara para essa nova “atividade”. Quando você faz algo que gosta, que é prazeroso para você, tudo flui mais facilmente, inclusive nos estudos. Mas e quando você está estudando por obrigação?

Quando você faz algo que não está muito (ou nada) afim de fazer, o seu “rendimento” não será tão bom quanto se você fizer com vontade. Tudo ficará mais difícil, as horas irão se “arrastar”, você ficará se perguntando “o que eu estou fazendo aqui?” entre outros pensamentos não muito “construtivos”. Se você estiver estudando nesse contexto,  irá aprender muito pouco ou quase nada do conteúdo em questão.

Com o inglês não é diferente. Se você estuda inglês apenas porque precisa ser aprovado na escola, ou então por exigência da sua empresa, isso provavelmente será algo maçante para você, pois tudo o que fazemos contra a vontade não costuma ser muito proveitoso no final. Como geralmente não podemos fugir disso, ou se o fizermos não será muito benéfico nesses casos, o ideal a se fazer é mudar a mentalidade e encarar o inglês como algo divertido de se aprender.

aprender inglês divertido

Não consegue ver algo de bom no inglês? Seus problemas acabaram!! Se você riu agora com a frase anterior, continue lendo que darei algumas dicas que podem lhe ajudar a “encarar” o inglês com mais facilidade:

  • Primeiramente, tente tornar o ambiente onde você irá estudar o mais confortável e relaxante possível. Faça o possível para que o ambiente seja silencioso, para que você possa se concentrar. Ou ainda, ponha uma música que você gosta, de preferência em inglês, para já “entrar no clima”. Se você tiver coisas que lhe deixam bem como “apoio”, já será o primeiro passo para se sentir melhor ao estudar;

  • Se você não vê utilidade na língua inglesa, imagine-se recebendo um “prêmio” (não necessariamente no sentido literal, como uma medalha), algo que você gostaria de fazer ou ter, mas não pode por não saber inglês. Pode ser algo que tenha 99,9% de não acontecer. Vou dar um exemplo bem claro: se você for mulher, pode-se imaginar conversando com o Brad Pitt ou outro “galã” do cinema. Se você for homem, imagine-se batendo papo com a Angelina Jolie, Cameron Diaz, ou quem quer que seja. Não ligue se isso é bem pouco provável de acontecer. Através nossa imaginação podemos tudo, inclusive mudar nosso estado mental. Duvida? Pense então em uma situação que você deu muita risada, como uma cena que você viu, uma piada que te contaram, um vídeo engraçado que te mandaram, etc. Garanto que você vai começar a dar risada na hora, ou pelo menos ficará mais “empolgado”. Além disso, vamos combinar: imaginar, mesmo que por um instante que o que mencionei acima poderia ser possível, a vontade de aprender inglês aumenta bastante, não acham? (risos);
  • Como diz o ditado, “água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”. Sendo assim, mentalize para si mesmo: “Aprender inglês é divertido, eu posso aprender com facilidade”. No começo irá parecer meio estranho, mas se você ficar repetindo isso para você mesmo, com o tempo seu inconsciente irá se acostumar com isso e passará a aceitar como verdade e o conhecimento começará a “fluir” dentro da sua mente.
  • Assista vídeos ou seriados humorísticos, com ou sem legenda. A intenção disso é te deixar em um estado de alto astral, pois você estará ouvindo alguém falando em inglês, provavelmente inglês fluente, falado no dia-a-dia, conhecerá palavras novas, irá ouvir algumas que você já conhece, e ainda dará boas risadas. Um exemplo de vídeo que falo é o seguinte:

 

  • Conheça algumas “curiosidades” da língua inglesa, como trava-línguas, piadas, cantadas, palíndromos, entre outros. Quem falou afinal que a língua inglesa não pode ter coisa “diferente” e interessante para se aprender? Após conhecer esses e outros “pormenores” do inglês, você provavelmente irá ver o inglês de outra maneira, muito menos “tensa” e mais divertida.

Por hoje é isso. Espero que essas dicas sejam úteis. Gostaria de pedir que tentassem e depois comentassem o resultado no Facebook ou aqui embaixo, nos comentários. Você tem algum outro “método” que julgue interessante para aprender inglês? Deixe comentário também!

Até mais,

Ueritom

6 Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.