8 Dicas para aprender inglês através de músicas

Este post já foi lido 16360 vezes desde 27/06/2015

Quem já acompanha o blog há algum tempo sabe que eu tenho um blog chamado Inglês com Música desde setembro de 2011. Nele, eu publico músicas (em inglês, lógico) geralmente pedidas pelos leitores e além disso ponho um vídeo com a letra, a letra no corpo da postagem, depois falo um pouco sobre a gramática e por fim disponibilizo tanto a letra quanto a tradução em formato PDF.

O post de hoje não é propaganda deste blog, apesar de parecer. Minha intenção neste post é dar dicas para aprender inglês com música. Mencionei o blog apenas por já haver uma “estrutura” nele que permite auxiliar o aprendizado. No entanto, se você não gostou dele ou ainda se quer explorar outras alternativas, tente um dos 7 itens a seguir:

1. ESCOLHA MÚSICAS “FÁCEIS”

Se você está começando a estudar inglês, você ainda não terá o seu listening muito apurado. Sendo assim, se você pretende aprender inglês com músicas é recomendável que você comece com músicas mais “fáceis”, ou seja, que tenham um vocabulário  mais simples e que não sejam cantadas muito rápido. As músicas românticas são as mais recomendadas neste caso, porém se você não gosta deste tipo de música, pode escolher outros. Existe a opção de reduzir a velocidade dos áudios das músicas. Recomendo também que, pelo menos inicialmente, não escolha um RAP para ouvir, pois os rappers utilizam muita linguagem informal e costumam cantar muito rápido, e isso pode acabar dificultando.

2. ACOMPANHE A LETRA ENQUANTO OUVE

Ouvir e ler de uma vez fará com que você pratique duas habilidades ao mesmo tempo: o listening e o reading. Além disso, você poderá ver o que está sendo dito e como está sendo dito, pois só de ouvir pode parecer que está sendo dita uma palavra quando na verdade está sendo dita outra. Se você estiver no computador, abra um site de letras, como o Letras.mus.br ou o Vagalume e ache a música que você quer “aprender”. Geralmente esses sites costumam ter um vídeo da música ao lado da letra. Sendo assim, você pode fazer tudo numa página só. Além disso, existe um link chamado “Tradução”, que exibirá a letra original e a sua tradução, lado a lado.

Se tiver um celular com acesso à internet, pode passar a música para ele e acessar a página da letra desta música. Em último caso, existe a opção de imprimir a letra.

Outra opção bastante útil é abrir o Youtube e buscar pela música, digitando o nome dela (ou do artista) mais a palavra lyrics, que é como se diz letra (de música) em inglês. Aparecerão vídeos (caso haja) mostrando a música que você buscou com a letra no próprio vídeo. É esse padrão que uso no meu blog de músicas em inglês, que mencionei no início deste post.

Ex: se você digitar coldplay lyrics irá trazer músicas do  Coldplay que tenham a letra no vídeo, como Viva La Vida, Fix You e Paradise, por exemplo.

3. REPITA, REPITA, REPITA

Existe um ditado bem conhecido que diz que “a repetição é a mãe do aprendizado“. É muito raro alguém conseguir fazer algo bem feito tendo praticado apenas uma vez, ou poucas vezes. Claro que existem exceções, mas a maioria das pessoas precisa “treinar” para ficarem boas em algo. Portanto, assim que tiver escolhido a sua música, repita-a quantas vezes forem necessárias, até você ficar “craque” nela. Comece acompanhando a letra enquanto ouve e vá por partes. Pegue a primeira estrofe e repita este trecho até tê-lo “decorado”. Você saberá que conseguiu quando conseguir cantar sem o auxílio da letra. Faça isso com cada parte, e no final com a música toda.

4. CANTE JUNTO!

Após ter já se “acostumado” com a música, comece a cantá-la junto com o cantor. Tente acompanhá-lo no ritmo e pronúncia. Se você for desafinado ou for tímido, faça isso quando não tiver ninguém por perto. O importante é por a língua em prática.

5. CANTE SOZINHO!

Após ter passado os passos acima, chegou a “prova de fogo”: cantar sozinho. Sugiro que comece cantando junto com a letra. Você pode pegar apenas a música sem a voz do cantor (procure por “instrumental” ou “playback”) ou ainda por músicas no estilo Karaokê. Existem programas para isso e/ou também vídeos no Youtube para tal.

6. TENTE PEGAR A LETRA “DE OUVIDO”

Esta é para quem já tem um pouco mais de prática. Antes de conferir sua letra, você pode ouvir a música e tentar passar a sua letra para o papel, apenas ouvindo. Ou seja, você irá escrever o que você acha que o cantor falou e vai escrever. Se ficou em dúvida em algum trecho, volte e escute-o novamente. No final confira e veja como se saiu.

Esta é uma atividade altamente estimulante. Lembro-me da primeira música que consegui fazer isso. A música era What a wonderful world, do Louis Armstrong. Como na época eu não tinha acesso à internet, passei para o meu professor de inglês da escola para corrigir. Ele disse que havia apenas uns dois errinhos. Pense como fiquei feliz.

7. ANOTE O QUE NÃO ENTENDER

Ao escolher músicas para “trabalhar” seu inglês, certamente haverão momentos em que você irá se deparar com algo que você não irá entender. Pode ser uma palavra, expressão, contração que você não havia visto ou que pensava ser de outra maneira. Anote sua dúvida e pergunte a alguém, ou pesquise na internet. Assim você não fica com dúvidas e ao mesmo tempo vai aprimorando seu inglês.

Para ilustrar: em 2009, a Beyoncé lançou a música If I were a boy. A conjugação do verbo to be no passado é I was, e não I were. Várias pessoas ficaram em dúvida do porque ela canta if I were e não if I was.

8. EXERCITE!

Após estar craque na música, escolha outra e repita o processo. Lembre-se sempre de escolher músicas que você goste, para que não se torne algo maçante.

Além disso, você pode acessar sites como o Lyrics Training, que oferece exercícios relacionados a músicas.

Você utiliza algum outro método para aprender inglês com músicas? Deixe comentário!

Obrigado e até a próxima,

Ueritom

18 Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastrar!