Crianças aprendem inglês mais rápido que adultos?

Este post já foi lido 17633 vezes desde 27/06/2015

Muita gente afirma que crianças são melhores aprendizes que adultos, devido ao fato de que os cérebros das crianças estão em formação e que com isso ele pode ser “moldado” com mais facilidade. Popularmente, se diz que o cérebro das crianças é uma “esponja”, pois “absorve” tudo o que ela experimenta ao seu redor.

Estive lendo alguns artigos que falam sobre isso na internet, sendo que alguns eram a favor e outros contra essa “teoria”. Vou por o link de alguns no final do post, para o caso de você querer lê-los na íntegra. Aproveite para deixar sua opinião nos comentários.

aprendizado ingles criancas e adultos

Dizer que uma criança aprende melhor que um adulto é verdade em certo ponto. O seu cérebro está mais “propenso”  a aprender porque quando nascemos ele está “em branco” e os bebês, e depois as crianças, precisam conhecer as coisas, sons e palavras do que está ao seu redor para que possam interagir e se comunicar com todos à sua volta.

Este processo se desenvolve durante toda a infância, de forma gradual. A criança começa aprendendo conhecer as vozes, e após bastante tempo ouvindo, começa a soltar alguns sons, que viram palavras e depois frases soltas. Com o tempo elas começam a “raciocinar” e fazer perguntas e dar respostas. Ou seja, é um processo gradual. Iniciar o ensino de outro idioma nesta época pode ser bastante proveitoso.

No entanto, a criança precisa sentir vontade de fazer isso. Ela precisa ver “graça” nisso, tem que ser algo divertido. Do contrário ela não irá querer aprender muita coisa.

Crianças costumam ter menos sotaque do que adultos após iniciarem a aprender o idioma. Ouvi certa vez que isso acontece, principalmente quando crianças vão morar em outro país, porque as crianças estão mais preocupadas em se enturmarem e serem “iguais” ao grupo, e ter sotaque neste caso poderia fazer com que ela fosse “zoada” pelos colegas de escola. Já o adulto sente, inconscientemente, que se perder o sotaque é como se perdesse a sua “identidade” com o seu país de origem. Então o sotaque seria como uma forma de manter uma “ligação” com a terra natal.

Por outro lado, se a criança “absorve” mais o que aprende, os adultos já têm o cérebro “pronto” e eles podem aprender um idioma (ou seja o que for) de uma maneira mais profunda. Os adultos já têm suas opiniões formadas sobre determinados assuntos, e eles podem se expressar melhor. Uma criança de 5 anos, por exemplo, não tem ideia do que seja capitalismo, por exemplo. Não há como falar de economia, que é um assunto complexo, com uma criança.

adultos aprendendo ingles

Além disso, adultos possuem mais discernimento sobre expressões faciais, tons de voz e outras nuances da interação humana (sabemos que o que se diz é apenas uma parte da comunicação). As crianças não possuem este discernimento.

Adultos também têm mais “possibilidades” de aprendizado, pois em tese eles podem se reunir com outras pessoas para praticar, podem pesquisar conteúdos na internet, podem viajar para outro país. Isso os permitiria aprender de maneira mais “eficiente”.

É claro que quanto mais cedo se começar a aprender inglês ou o idioma que for, melhor, pois você já chegará na idade adulta sabendo bastante coisa. Isso não quer dizer, no entanto, que você não possa aprender depois de grande. Apenas será um processo diferente.

Os artigos os quais me baseei para escrever este foram:

Do children learn languages faster than adults?

Do children really learn faster than adults?

Why adults are better learners than kids

Why is it easier for a child to learn a new language than an adult?

E você, o que acha disso? Crianças aprendem melhor? Os adultos têm mais capacidade? Deixe sua contribuição nos comentários!

Até mais,

Ueritom

3 Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastrar!