Infinitivo ou -ING? 8


Este post já foi lido 2288 vezes desde 27/06/2015

Creio que você já deve ter visto frases como “I want to talk to the manager” e também “I enjoy travelling“. Nessa hora surge uma dúvida: porque na primeira frase tem o to e na segunda tem o -ing no final? Ou seja, porque a primeira frase não é “I want talking to the manager” ou a segunda não é “I enjoy to travel“?

Existem algumas regrinhas para isso. Vou tentar explicar aqui para facilitar. Talvez não faça muito sentido para você, mas infelizmente nem tudo nessa vida faz sentido (risos). Neste caso, temos que aceitar da maneira que é e sermos felizes.  🙂

TO OU -ING?

USO DO TO

A primeira situação de uso do to é após adjetivos (incluindo o too antes do adjetivo e adjetivo + enough):

  • We are happy to see you.
  • The water is too cold to swim in.
  • He was strong enough to lift it.

Existem alguns verbos também que “requerem” o uso de to:

forget, help, learn, teach, train, choose, expect, hope, need, offer, want, would like, agree,  encourage, pretend, promise, allow, can/can’t afford, decide, manage, mean, refuse, attempt, propose, claim, intend, refuse, demand, mean, seem, need, tend, fail, offer, try, plan, prepare, hesitate, have, wish, entre outros.

to x ing diferenca

Exemplos:

  • I forgot to close the window.
  • She will try to arrive earlier tomorrow.
  • We can’t afford to take a long holiday.

USO DO -ING

O primeiro uso é de verbos com -ING no final em vez de TO antes deles é quando o verbo é também o sujeito da frase. Por exemplo, a frase “Nadar é um bom exercício” fica “Swimming is a good exercise“. Outro exemplo seria “Doctor says that smoking is bad for you“.

Também se usa o -ING no final do verbo após preposições:

  • They left without saying goodbye.
  • I look forward to meeting you.

PS: o TO na segunda frase acima faz parte do verbo (look forward to). Para saber mais sobre ele, leia este post.

Por fim, existem também alguns verbos que requerem o -ING no final:

admit, appreciate, avoid, can’t help, consider, deny, dislike, enjoy, finish, give up, mind, miss, postpone, practice, quit, recall, regret, report, resent, resist, resume, risk, stop, suggest, entre outros.

Mais alguns exemplos:

  • They gave up helping her.
  • I dislike getting up early.
  • Would you mind opening the window?

VERBOS “BIPOLARES”

Existem alguns verbos que aceitam ambas as formas (to/-ing). Este nome fui eu que inventei. Não sei se existe algum nome próprio para isto. Alguns desses verbos são:

begin, continue, hate, intend, like, love, prefer, propose, start.

Veja algumas frases:

  • It started to rain last night. /It started raining last night.
  • I like to play volley. / I like playing volley.

Espero que este post tenha conseguido deixar as coisas mais claras. Caso tenha ficado alguma dúvida, deixe comentário.

Até mais,

Ueritom


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastrar!

8 pensamentos em “Infinitivo ou -ING?