Não seja “solitário” no seu aprendizado 8


Este post já foi lido 2703 vezes desde 27/06/2015

Existem várias maneiras de se estudar inglês. Você pode optar pelo “método tradicional”, que é através de uma escola de idioma, pode contratar um professor particular, bem como podem também tentar aprender inglês sozinho.

Independentemente do método que você escolheu, você terá muito mais êxito em sua empreitada se “isolar” no aprendizado. Com isso, quero dizer que você deve interagir (aliás, este é o objetivo ao se aprender um novo idioma, não?) com pessoas, seja para praticar, seja para aprender coisas novas, seja para tirar dúvidas.

Dependendo de onde você morar e dos recursos que você tiver disponíveis, você tem muitas opções para entrar em contato com outras pessoas. Do que adianta você estar com uma dúvida se não puder tirá-la? Ou ainda, porque não praticar o que você acabou de aprender com as pessoas? Você poderá esquecer mais rápido se não praticar…

Uma opção interessante é juntar algumas pessoas e criar um grupo de conversação. Se você faz curso, converse com seus colegas para marcarem um horário fora da aula. Ou então procure por grupos já existentes na sua cidade.

aprender ingles sozinho

Se você não estuda em escola ou não achou quem queira praticar conversação pessoalmente com você, existe também a opção de recorrer à internet. Se você está lendo isto, então tem acesso a ela. Sendo assim, você pode tentar alguns dos recursos abaixo:

  • Fóruns de discussão: são sites onde você se registra e começa a fazer parte de uma comunidade de pessoas que tem interesses em comum (neste caso, aprender inglês) e compartilham experiências, conhecimentos e tiram dúvidas;
  • WhatsApp: o famoso app de conversação permite a criação de grupos com até 100 pessoas. Você pode criar o seu e adicionar pessoas interessadas ou buscar grupos existentes e pedir para participar. Existem vários grupos focados na língua inglesa, em alguns casos separados por níveis. O WhatsApp tem a vantagem de permitir envio de imagens, áudios e vídeos, o que pode ajudar bastante para praticar e tirar dúvidas;

  • Sites de conversação: existem sites como o SharedTalk que permitem que você encontre pessoas interessadas em conversar em inglês (e também em outros idiomas), seja através de chat ou áudio/vídeo;
  • Redes sociais: Facebook, Twitter, Google+ entre outros permitem que você encontre tanto pessoas e empresas dispostas a ensinar quanto a trocar experiências. Se você participar de fanpages/comunidades, você pode trocar experiências com outros membros. Falando nisso, não deixe de seguir o Inglês para Leigos no Facebook, Google+ e Twitter.
  • Blogs: os blogs são uma ótima maneira de se aprender inglês. A lista de blogs nacionais e internacionais que ensinam inglês é bastante grande. Você pode interagir com eles deixando comentários ao final de cada postagem ou respondendo a comentários de outras pessoas.

Essas são algumas sugestões de como você pode se “enturmar” e conhecer pessoas que estão no “mesmo barco” que você. Afinal de contas, aprender inglês não deve ser algo feito sozinho. Você pode (e deve) buscar ajuda e apoio durante o caminho.

Se você utiliza algum outro método além dos mencionados acima, deixe comentário.

Até mais,

Ueritom


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastrar!

8 pensamentos em “Não seja “solitário” no seu aprendizado