O que fazer quando se está desmotivado para aprender inglês 4


Este post já foi lido 1785 vezes desde 27/06/2015

Cedo ou tarde, todo mundo acaba se cansando um pouco e/ou desmotivando de suas atividades rotineiras. Isso é meio que inevitável. A correria do dia-a-dia faz com que nosso corpo e mente peçam “bandeira branca” de vez em quando. Se isso acontece esporadicamente, tudo bem, ninguém é de ferro. O problema é se isso já virou algo crônico e você vive desmotivado, e faz as coisas meio que por obrigação, inclusive estudar inglês. Neste caso, o que fazer para voltar a ficar motivado?

Bem, antes de mais nada, é preciso identificar o que causou essa desmotivação. Isso vai variar de pessoa para pessoa, mas os motivos principais podem ser um (ou mais) dos seguintes:

  • você vive correndo e mal tem tempo para “respirar”;
  • você está sentindo que não está evoluindo o suficiente;
  • você se sente meio “sozinho”, pois não tem ninguém para lhe dar apoio e/ou orientar;
  • você não vê muita utilidade em aprender inglês;
  • se você faz curso em escola ou com professor particular, é possível que a metodologia utilizada não seja muito atrativa e você acabe ficando meio “perdido” ou “entediado”;

Desmotivação

Resolver esse problema e ficar motivado (ou voltar a ficar) não é a coisa mais fácil do mundo, e também não acontecerá da noite para o dia, mas também não é impossível. Após identificar qual(is) motivo(s) te desmotiva(m), você precisa tomar alguma atitude para mudar isso. Como alguém já disse certa feita: “Se você continuar a fazer o que sempre fez, continuará a obter o que sempre obteve“. Você deve ir testando atitudes diferentes até achar uma que funcione. Como cada pessoa é diferente das outras, não é possível fazer um “manual de motivação”. Cada pessoa se motiva de um jeito. Porém se você não sabe por onde começar, continue lendo que darei sugestões para você testar e ver se lhe ajuda.

Se o seu problema é falta de tempo, você pode tentar minimizar isso dando uma estudada sempre que tiver um tempo. Se você trabalha e utiliza a internet, busque aprender algo novo sempre que puder. Volte uns 15 minutos mais cedo do horário do almoço e aproveite para dar uma praticada no seu inglês. Se você aprender nem que seja uma palavra nova por dia, estará avançando no seu aprendizado. Você pode também baixar podcasts e ir ouvindo no caminho para o trabalho/escola.

No caso de achar que não está evoluindo o suficiente, sugiro que você faça um “diário” ou algo do tipo, e vá anotando tudo o que aprendeu. Mesmo que você ache que está com “passo de tartaruga” no aprendizado do inglês, lembre-se que por menor que seja o passo, é um passo, ou seja, você está em aprendizado constante e cada passo é uma evolução. Ou seja, cada vez que você estuda e aprende, você não está mais no mesmo lugar. Além disso, quem não tem muita prática com algo, passa um pouco (ou muita) dificuldade no começo. Isso é normal. Leva algum tempo, mas se você persistir começará a pensar em inglês depois de algum tempo.

Você está se sentindo sozinho, pelo menos com relação ao aprendizado do inglês? Bem, isso também é normal. Muita gente acha que aprender outro idioma é perda de tempo, por morarmos em um país que fala português e tal, que não usarão o inglês por não pretenderem deixar o país. Vejo isso acontecer com certa frequência. Pode ser também que você não encontre ninguém para treinar o que já aprendeu. Se você encaixa em alguma das situações acima, ou se ninguém te dá apoio para a sua “aventura” com o inglês, não se desespere. Você pode ir procurar apoio em pessoas interessadas em aprender inglês. Se você mora em cidade grande, é possível que exista algum grupo de conversação de inglês. Faça uma busca no Google que deve achar algo. Procure por “grupo conversação inglês ‘cidade‘”, sem aspas, e substitua ‘cidade’ pelo nome da sua cidade. Além disso, você pode também pode participar de grupos de WhatsApp, ou ainda via chat, em uma sala de chat dos EUA ou uma “aleatória“.

Agora, se você não vê utilidade em aprender inglês..você precisa mudar esta mentalidade. Lembre que o inglês é o idioma predominante na economia mundial. Tivemos recentemente por aqui a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos. A maioria dos melhores empregos requer conhecimento da língua inglesa. E mesmo que você não esteja nem aí para os eventos esportivos e no seu trabalho não utilize inglês, lembre que boa parte do conteúdo (sites, vídeos, programas, etc) disponíveis na internet estão em inglês. Imagine quanta coisa você está deixando de conhecer e curtir por não saber falar inglês? Imagine você ter que usar um programa que está todo em inglês e você passar trabalho por não saber qual opção acessar para fazer determinada função? Se você gosta de jogos, imagine poder entender tudo o que está sendo dito/escrito ao longo do jogo. Com certeza você aproveitaria muito mais estes recursos.

Por fim, se o seu problema é achar que o método que você está aprendendo é chato ou pouco produtivo, você tem duas opções: primeiro tente conversar com a pessoa/escola onde está aprendendo para tentar utilizar outra forma de aprendizado que funcione melhor com você. Se ainda assim não resolver, tente mudar de professor ou escola. Cada uma trabalha de um jeito e pode ser que em outro local você seja mais bem-sucedido. Mas lembre-se: não adianta você estar na melhor escola do mundo se você não estiver a fim de aprender ou estiver aprendendo por obrigação. Você deve colocar na sua cabeça que você está ali porque está com vontade de aprender, não apenas por uma necessidade, seja ela qual for. Tenha em mente que aprender inglês pode (e deve) ser divertido e prazeroso.

E você, já passou por uma situação parecida (de ficar desmotivado)? O que você fez para resolver? Conte nos comentários, ou compartilhe sua experiência no Facebook.

Até mais,

Ueritom


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastrar!

4 pensamentos em “O que fazer quando se está desmotivado para aprender inglês