Porque é tão difícil entender falantes nativos? 4


Este post já foi lido 3921 vezes desde 27/06/2015

Já ouvi muita gente falar que conversar com falantes nativos é algo bastante difícil, pois é muito difícil entendê-los e que conversar com não-nativos é mais fácil de entender. Vou tentar neste post, a partir da minha opinião e experiência, tentar explicar porque isso acontece e algumas possíveis soluções.

Toda pessoa, ao se comunicar no idioma nativo, não costuma ficar pensando em regras gramaticais. Ela quer se comunicar e ponto. Ela tem um ritmo ao qual está acostumada e usa muitas gírias e liga palavras umas às outras. De maneira semelhante, na escrita (a menos que seja um ambiente formal) eles usam muitas gírias e contrações de palavras (como don’t ao invés de do not, u ao invés youwtf, etc).

entender falantes nativos

Quem estuda inglês, pelo menos quem estuda em escolas de idiomas, costuma estudar através das apostilas dos cursos e os CDs de áudio que as acompanham. O problema é que 1) os áudios dos CDs são em uma velocidade abaixo de uma conversa normal e 2) os diálogos usam um inglês ‘padrão’.

Nada contra aprender com este tipo de material, mas acontece que ele não é “natural”, ou seja, não é assim que os nativos falam. É certo que áudios mais lentos ajudam na fixação da pronúncia das palavras, mas não deve-se basear seu listening apenas nisso, ou você ficará condicionado a isso.

Por fim, existem estruturas como phrasal verbs e idioms, entre outras coisas específicas de cada idioma, que são naturais para falantes nativos mas que são uma “dor de cabeça” para estudantes.

O QUE FAZER ENTÃO?

Pode parecer um pouco óbvio, mas para você se habituar ao inglês ‘natural’, você deve “inseri-lo” na sua rotina de estudos. Com a popularização da internet, as opções estão cada dia mais variadas. Aqui estão algumas opções (escolha as suas de acordo com a sua disponibilidade de tempo e recursos):

  • Youtube;
  • Filmes e seriados (principalmente serviços como o Netflix, que permite escolher o idioma do áudio e legendas);
  • Canais de televisão (principalmente CNN e BBC);
  • Podcasts;

Se você tiver outras fontes de áudio, fique à vontade para usar, contanto que ele contenha pessoas em conversas naturais e não diálogos gravados. Lembre também que em boa parte dos casos as palavras não “funcionam” sozinhas e sim em “grupos”; que sozinhas elas podem ter um significado mas agrupadas elas têm outro. Com o tempo e a prática você irá se acostumar a identificar e conhecer os significados destas.

Se você quiser saber mais sobre este tema, clique aqui (o texto está em inglês).

E você, tem alguma dica para facilitar a compreensão do que os nativos falam? Deixe seu comentário!

Até mais,

Ueritom


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastrar!

4 pensamentos em “Porque é tão difícil entender falantes nativos?