Pratique seu inglês com notícias sobre os protestos no Brasil


Este post já foi lido 695 vezes desde 27/06/2015

Quem acompanhou as notícias nesta segunda-feira, dia 17 de junho, seja via rádio, televisão, jornal ou internet, certamente ouviu/viu/leu pelo menos uma notícia falando sobre os protestos que ocorreram em várias cidades do Brasil. Este movimento é algo que não se via desde os “caras-pintadas” de 1992 e o movimento pelas Diretas Já de 1984.

Como não podia deixar de ser, vários veículos de comunicação do exterior começaram a publicar notícias relacionadas em seus idiomas nativos. Assim sendo, me ocorreu uma ideia: que tal praticar o inglês a partir destas notícias que estão sendo publicadas? Como o fato está tendo repercussão mundial, será amplamente noticiado durante algum tempo. No presente momento, encontrei apenas texto, porém em breve deverá haver vídeos também falando sobre este tema.

protests in Brazil

Minha sugestão é a seguinte: abaixo segue uma lista de alguns sites que publicaram notícias falando sobre as manifestações, o que as motivou, etc. Você irá escolher alguma(s) dessas notícias e a(s) lerá, sem pressa e tentando entender o que está escrito. Anote as expressões e palavras que você desconhecer, procurando saber os seus significados. Após isso, poderá fazer um resumo por escrito do que você entendeu (você escolhe se em português ou em inglês; isso dependerá de seu nível no idioma). Você pode ainda ler o texto em voz alta, para praticar a sua pronúncia.

Para começar, publico um dos vídeos que falam sobre o assunto. Ouça e descubra se você consegue entender o que está sendo dito:

Segue aqui uma lista de alguns links relacionados aos protestos, publicados por jornais do exterior de língua inglesa:

Nesta lista você terá material suficiente para começar. Caso encontre outros links e vídeos, poderá também ler e ouvir e assim praticar mais. Se você quiser, pode deixar os seus “resumos” ou suas listas de palavras nos comentários deste blog. Detalhe: escreva nos comentários, não mande resposta para mim por e-mail, pois a intenção é que todos leiam os comentários e possam interagir entre si. Se você estiver lendo direto no blog, é só rolar até o final da página. Se você estiver lendo no e-mail, clique aqui para poder ir à página de comentários.

Ah, e se por acaso você participou dos protestos, fique à vontade para contar a sua experiência, também nos comentários. Caso você tenha gostado da ideia, compartilhe este post nas redes sociais.

Até mais,

Ueritom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastrar!