Os verbos irregulares e suas “categorias” 11


Este post já foi lido 8173 vezes desde 27/06/2015

Os verbos irregulares em inglês costumam ser uma “pedra no sapato” de qualquer estudante do idioma. Isso porque eles não seguem a regra “tradicional” e que é usada nos verbos regulares, que é acrescentar o -ED no passado. Como cada verbo é utilizado “à sua maneira”, fica mais difícil (porém não impossível) conhecer as variações de cada verbo. Isto é algo que requer tempo e prática, e é algo necessário, pois entre boa parte dos verbos mais comuns em inglês são irregulares.

Apesar disso, é possível dividir os verbos irregulares em algumas categorias, pois alguns deles têm características semelhantes, mesmo sendo irregulares. Abaixo você verá algumas essas “categorias” e alguns dos verbos que se encaixam em cada uma delas. Nas listas abaixo serão exibidas três formas de cada verbo, nesta ordem: infinitivo (em negrito), passado e particípio.

1. VERBOS QUE NÃO MUDAM NO PASSADO E NEM NO PARTICÍPIO

Alguns verbos irregulares mantêm a mesma conjugação para o presente, o passado e o particípio (exceto a terceira pessoa do singular do presente, que tem -s ou -es acrescentado ao final do verbo):

bet -> bet, bet;

burst -> burst, burst;

cost -> cost,  cost;

cut-> cut, cut;

hit-> hit, hit;

hurt-> hurt, hurt;

let-> let, let;

put-> put, put;

quit-> quit, quit;

read -> read, read;

set-> set, set;

shut-> shut– shut;

split -> split, split;

Note que a maioria destes verbos terminam e -t. Isso não quer dizer, porém, que todo verbo com essa terminação será conjugado desta maneira. Os verbos get, fight e sit são irregulares porém são conjugados de maneira diferente no passado e/ou no particípio.

categorias de verbos irregulares

2. AS “CÓPIAS”

Alguns verbos que são derivados de outros possuem conjugações semelhantes aos seus “originais”. É o que acontece em português com os verbos ter e reter, por exemplo. O verbo reter é derivado do verbo ter e possui as mesmas conjugações:

come-> came, come / become-> became, become;

draw-> drew, drawn/ withdraw-> withdrew, withdrawn;

get-> got, gotten / forget-> forgot, forgotten;

give-> gave, given / forgive-> forgave, forgiven;

stand-> stood, stood / understand-> understood, understood;

write-> wrote, written /rewrite-> rewrote, rewritten;

3. -OUGHT/-AUGHT

Os verbos que terminam em -ought ou -aught não possuem nenhuma regra específica para terem esta terminação, porém como são totalmente diferentes dos seus verbos originais, podem ser classificados juntos:

bring-> brought– brought;

buy-> bought– bought;

catch-> caught– caught;

fight-> fought– fought;

seek-> sought– sought;

teach-> taught– taught;

think-> thought– thought;

4. PASSADO E PARTICÍPIO IGUAIS

Existem também verbos que são irregulares, mas cujos passado e particípio são iguais (os verbos da categoria 3 se encaixam aqui também):

bend-> bent, bent;

build-> built, built;

feed-> fed, fed;

hang-> hung, hung;

hold-> held, held;

keep-> kept, kept;

lead-> led, led;

lend-> lent, lent;

light -> lit, lit;

lose-> lost, lost;

mean-> meant, meant;

meet-> met, met;

pay-> paid, paid;

send-> sent– sent;

sell-> sold, sold;

spin -> spun, spun;

sit-> sat, sat;

sleep-> slept, slept;

spend-> spent, spent;

sweep-> swept, swept;

win-> won, won;

5. VERBOS TERMINADOS EM -OW

A maioria dos verbos terminados em -ow segue o padrão -ow/-ew/-own. Veja alguns deles:

blow-> blew, blown;

grow-> grew, grown;

know-> knew, known;

throw-> threw, thrown;

Uma exceção a essa “regra” é o verbo show, cujo passado é showed em vez de shew e o particípio pode tanto ser shown quanto showed. Quase um verbo regular. 🙂

6. VERBOS DE DUAS SÍLABAS CONTENDO A LETRA I NA PRIMEIRA E A LETRA E NA SEGUNDA

Essa lista é compostas pelo verbo write e semelhantes, que trocam o I pelo O no passado e no particípio o I se mantém mas é adicionado N ao final:

drive-> drove, driven;

ride-> rode, ridden;

rise-> rose, risen;

write-> wrote, written;

7. I -> A -> U

Esta lista é composta por verbos irregulares cuja sílaba tônica contem a letra I. Para estes verbos, no passado o I é substituído por A e no particípio por U:

begin-> began, begun;

drink-> drank, drunk;

ring-> rang, rung;

sing-> sang, sung;

swim-> swam, swum;

8. OS “BIPOLARES”

Dei este nome ao item 8 porque os verbos aqui mencionados possuem mais de uma conjugação para o passado e/ou particípio, sendo que na maioria das vezes uma delas é a conjugação regular (a que termina em -ed) do verbo. No geral, a forma regular neste casos é mais usada no inglês americano, enquanto que a forma irregular é mais usada no inglês britânico. Veja alguns exemplos:

burn -> burned/burnt, burned/burnt;

clothe -> clothed/clad, lothed/clad;

dive -> dived/dove, dived;

dream -> dreamed/dreamt,  dreamed/dreamt;

hang -> hanged/hung, hanged/hung;

learn -> learned/learnt, learned/learnt;

melt -> melted, melted/molten;

misspell -> misspelled/misspelt, misspelled/misspelt;

spin -> span/spun, spun;

É importante lembrar que não existem regras específicas aqui, e sim alguns padrões que foram observados e que tornou possível o “agrupamento” de alguns verbos. Existem ainda muitos outros verbos irregulares que não estão nesta lista por serem irregulares “de essência” e não seguirem padrão nenhum. Em todo caso, resolvi publicar este post pois creio que esta lista poderá “facilitar” o seu aprendizado dos verbos irregulares.

Em caso de dúvida, deixe comentário que responderei assim que possível.

Até mais,

Ueritom


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastrar!

11 pensamentos em “Os verbos irregulares e suas “categorias”