Curiosidade: origem da palavra OK

Este post já foi lido 3155 vezes desde 27/06/2015

Quando queremos dizer que está de acordo com algo, é bastante provável que você utilize a expressão OK. Eu e boa parte da população o fazemos.  Esta expressão vem do inglês e é pronunciado de acordo com as pronúncias das letras do alfabeto inglês. É uma expressão que se difundiu mundo afora e por isso se tornou “universal”, talvez por ser uma expressão “fácil” de aprender e de usar.

O OK (ou Okay)também pode ser dito de maneira gestual, de acordo com o país. No Brasil, temos por costume levantar o dedo polegar, mantendo os outros abaixados. Já nos EUA, costuma-se fazer um círculo com os dedos polegar e indicador, enquanto os outros três dedos ficam levantados, como na imagem abaixo:

Origem da expressão OK

No entanto, essa expressão tão popular possui várias “teorias” com relação à sua origem. Uma delas diz que foi um maneira de se imitar a pronúncia de uma bebida francesa muito famosa na época, chamada de Aux Cayes. Diziam que a bebida era tão boa que passou a ser sinônimo de tudo o que era bom e perfeito.

Outra teoria diz que OK era abreviação de oll korrect, uma corruptela de all correct, que era a maneira usada na marinha britânica para dizer que não havia nenhum problema com as embarcações. Dizem que a pessoa responsável dizia OK se estivesse tudo em ordem, e só a partir daí é que os navios podiam partir.

Há quem diga também que esta expressão teve origem em outros idiomas, como o alemão, francês e idiomas indígenas. Porém existem duas teorias que são as mais “aceitas” como tendo originado o OK.

sinal de ok

A primeira se refere a Martin Van Buren, candidato (e que acabou vencendo) às eleições presidenciais dos EUA em 1840. Ele adotou o apelido de Old Kinderhook, que era a cidade onde ele nasceu. Dizem que ele usava a expressão durante a campanha, para indiciar que tudo ia bem com ele. Além disso, ele escrevia O.K. em todos os documentos oficiais que ele aprovava.

A segunda teoria é relacionada com a Guerra Civil Norte-americana, também chamada de Guerra da Secessão que aconteceu entre 1861 e 1865, que consistiu basicamente nos estados do Sul contra os Estados do Norte. Do lado dos nortistas, ao retornarem das batalhas, era feito um relatório informando quantas baixas tinham acontecido naquele dia. A representação era feita colocando se o número de mortos mais a letra k (killed). Sendo assim, se haviam morrido 10 pessoas, escrevia-se 10k. E quando não havia nenhuma baixa, escrevia-se 0k (Zero killed). Daí para a sua “variante” OK foi um passo.

Essas são as principais teorias de origem desta expressão tão difundida no nosso dia-a-dia. Uma curiosidade para você leitor do Inglês para Leigos. Se você achou que este artigo está OK, compartilhe-o com seus amigos e ajude na divulgação do blog.

Até mais,

Ueritom

4 Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *