É correto chamar quem nasce nos EUA de americano?

Este post já foi lido 5668 vezes desde 27/06/2015

Quem nasce no Brasil é brasileiro. Quem nasce na Alemanha é alemão. Quem nasce na Itália é italiano. Quem nasce na Escócia é escocês. Quem nasce em Israel é israelita. Quem nasce nos EUA é….americano? Como assim? É isso mesmo?

Essa é uma dúvida bastante frequente entre a população em geral, principalmente entre os povos da América Central e do Sul. Muita gente se ofende ou acha incorreto o uso deste termo ao se referir aos Estados Unidos, por entenderem que americano se refere a quem nasce em qualquer parte da América, seja América do Sul, Central ou do Norte. Veja exemplos de debates a respeito aqui e aqui.

Quem nasce nos EUA é americano?

Analisando por este lado, faz sentido. Usamos os termos sul-americano e norte-americano para nos referirmos às Américas do Sul e do Norte e latino-americano para nos referirmos à América Latina. Ocorre que os habitantes dos EUA, que também são americanos, têm por costume se referirem ao seu país de America. Sendo assim, quem nasce na America é American. Existem inclusive algumas canções falando sobre a America. Uma das mais conhecidas é God Bless America, que no vídeo abaixo é cantada pela Celine Dion:

Veja também:  Países do mundo e suas capitais em inglês - parte 1

httpv://www.youtube.com/watch?v=7MsUU9g63ac

Muitas pessoas alegam que isso seria incorreto devido ao fato mencionado anteriormente, e alegam que seria a mesma coisa que os franceses se denominarem europeus, e chamassem o seu país de Europe. Alguns Americans alegam que o nome de seu país é United States of America, e que utilizam o termo America como uma forma abreviada para se referirem ao seu país.

COMO CHAMAR ENTÃO?

Existem outras maneiras a se referir aos habitantes dos EUA, além de americanos. Muitas pessoas os chamam de North American (norte-americanos), que seria uma “variação” para o American. Existe também o United Statesian (que pode ser traduzido por estadunidense). Muitas pessoas, principalmente os habitantes de países de língua espanhola, usam a palavra Yankee. Existe ainda a forma U.S American (algo como “americano dos EUA”). O problema é que essas expressões são pouco usadas e a maioria das pessoas as considera estranhas.

Como se isso não bastasse, a maioria das pessoas de outras partes do mundo também se refere aos “estadunidenses” como American, conforme bem explica a Grammar Girl em seu post American and Other Demonyms. Caso houvesse um interesse de se mudar essa “mentalidade”, seriam necessários alguns anos. Como leitura complementar, sugiro que você leia este post, que traz mais algumas informações a respeito.

Veja também:  Não se desculpe por não saber falar inglês

Por fim, gostaria de relembrar que todos os adjetivos">adjetivos pátrios são escritos com letras maiúsculas em inglês. Existem outras situações onde se deve usar maiúsculas. Se quiser saber mais, clique aqui e leia o post que fiz a respeito.

E você, o que acha de chamar os habitantes dos EUA de americanos? Concorda? Discorda? Deixe sua opinião nos comentários.

Até mais,

Ueritom

12 comentários em “É correto chamar quem nasce nos EUA de americano?

  • 16 de dezembro de 2016 em 19:44
    Permalink

    Eu moro nos Estados Unidos e nunquinha ouvi “United Statesian”, inclusive, perguntei ao meu marido, que é nasceu nos Estados Unidos da América e ele nunca ouviu a respeito também.
    Acho que pode ser até válida a discussão acera dos brasileiros escolherem “estadunidense” ou “americano”. E, claro, a escolha do nome traz posicionamentos políticos quase sempre. O problema é nos deparamos com discussões sem sentido como algumas que eu vi nos comentários acima. As pessoas ainda não entenderam que a Língua é dinâmica. O fato de alguns optarem por “americanos”, por exemplo, não é uma questão de confusão. Não mesmo! Isso é apenas o resultado de como a Língua foi evoluindo. E, provavelmente, isso deve ter sido influenciado por filmes, músicas, políticas, etc. Afinal, uma Língua evolui sob influências, sejam elas quais forem. Hoje em dia, a internet tem mudado o vocabulário e a maneira das pessoas usarem a Língua. Não é possível impedir isso, tal como não foi e não é possível impedirmos as influências que outras nacionalidades trazem para nossa Língua quando temos contato com tais.
    Além disso, teve um comentário que ressaltou que mexicanos não chamam as pessoas que nascem nos EUA de “americanos”. Eu não entendi bem isso não. Nunca fiz um estudo profundo a respeito, mas aqui nos EUA têm muitos muitos muitos mexicanos e muitos deles falam sim “americanos”. Talvez até tenha essa discussão por lá (estou por fora disso), mas que muitos nativos falam “americanos”, ah! Isso sim!
    Entretanto, não faz sentido algum essa discussão no inglês, eles se chamam de americano porque é assim a nomenclatura aqui, até porque o nome do país é Estados Unidos da América.

    Resposta
    • 21 de junho de 2015 em 12:15
      Permalink

      É o que, Adílson?

      Resposta
  • 2 de março de 2015 em 11:53
    Permalink

    O correto é chama-lo de estadunidense.

    Resposta
    • 2 de março de 2015 em 12:05
      Permalink

      Olá Osvaldo..

      Creio que não existem verdades absolutas em quase nenhum assunto. Sendo assim, este lance de “correto” é meio relativo. Você considerar isto correto, mas outra pessoa já não, ou nem tanto. Varia da opinião de cada pessoa.

      Em todo caso, agradeço o comentário e espero contar sempre com a sua visita.

      Ueritom

      Resposta
  • Pingback: Dicas para melhorar a sua pronúncia - Inglês para Leigos

  • 22 de julho de 2013 em 10:00
    Permalink

    Ótimo artigo. Apenas uma correção: quem nasceu em Israel é israelense; israelita é o descendente do patriarca bíblico Jacó. Ou seja: quem nasceu no país Israel é israelense, mesmo que não seja judeu, por outro lado, alguém pode ser israelita mesmo sem ter nascido em Israel.

    Resposta
  • 22 de julho de 2013 em 09:51
    Permalink

    Respondendo a pergunta do post, não, correto não é, e nunca foi. É usual, uma forma que foi assumida por nós brasileiros devido à influência da cultura estadunidense. E uma boa dose de arrogância deles ao se autorreferir como “OS” americanos, uma contradição até, porque os EUA são o país com um número maior de imigrantes que qualquer outro país americano. Os países de língua espanhola na América (quase todos) não se referem aos estadunidenses como americanos, aqui na América é um vício quase só brasileiro, e os hispanohablantes estranham isso quando chegam aqui, nem os mexicanos dizem americanos.

    Resposta
  • 22 de julho de 2013 em 07:30
    Permalink

    É um bom ponto a se discutir. Eu comecei pensar nisso quando cheguei na Argentina e comecei a usar o termo estadounidense.

    Eu acho que, sim, é mais uma forma a mais de demonstrar poder, mas não chego a me ofender.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *