Entrevista com blogueiros – Real Life English (parte 1)

Este post já foi lido 818 vezes desde 27/06/2015

Olá a todos!

Hoje começo a publicar a entrevista do mês. Como ficou um pouco extensa, vou publicar em três partes. Os entrevistados do mês são quatro “gringos” que vieram para o Brasil e se fixaram em “Belzonte” (Belo Horizonte) onde ensinam inglês. É o pessoal do Real Life English, que além de ensinar inglês de forma presencial, possuem também um blog, que por sinal é muito interessante. Recomendo. Aproveitem para visitar o blog deles e também acompanhá-los pelo Facebook, Twitter e Youtube. Segue a primeira parte da entrevista:

Fale um pouco sobre vocês: quem são, o que fazem, de onde vieram.

Somos 4 pessoas dos EUA e Australia. Eu (Justin) sou dos EUA, Chad é da Austrália, e Josh e Trevor são dos EUA. Ensinamos inglês em Belo Horizonte, Brasil, através do nosso projeto multifacetado, Real Life English.

Onde vocês moravam nos EUA?

Eu (Justin) nasci perto de Seattle, EUA (no estado de Wa), mas morei muito tempo e me formei em Colorado. Chad é de Perth, Austrália, e Josh e Trevor são da Califórnia, EUA.

Veja também:  Entrevista com blogueiros - Adir Ferreira - parte 1

Logo RLE

Porque decidiram sair dos EUA? E porque o Brasil?

São historias diferentes para cada um de nós.

Eu, pessoalmente, sou muito aventureiro. Antes de chegar no Brasil em 2010, já tinha passado a maior parte dos últimos 5 anos viajando, morando e trabalhando no México a Guatemala e a Colômbia. Sempre sentia uma sintonia grande com América Latina e o Brasil sempre era um grande sonho.

Sempre me dei bem com os Brasileiros que conheci, pois vocês são geralmente pessoas amigáveis e divertidas. E também, como muitas pessoas no mundo inteiro, fiquei maravilhado pelas imagens do Rio. Eu tive um pôster do Cristo Redentor no meu quarto por muito tempo na época da faculdade.

Chad (o Australiano) chegou aqui em 2007 por primeira vez para jogar capoeira. O professor do grupo onde ele treinou na Austrália é de Belo Horizonte, e ele decidiu “visitar” um tempinho para treinar, mas no final de contas ficou muito mais.

Josh (dos EUA) chegou em 2011 num caminho muito parecido com o meu (através do Mexico e a Colômbia, chegando no Brasil diretamente da Colômbia até Manaus pelo Rio Negro). O Trevor cresceu com Josh em Califórnia, e veio atrás dele. Tem 4 meses que está aqui, e está com planos de ficar até a Copa do Mundo.

Veja também:  Entrevista com blogueiros - Denilso de Lima - parte 1

Há quanto tempo moram por aqui?

Resposta acima

Quais são as principais diferenças culturais entre o nosso e o seu país?
O exemplo mais significativo que consigo pensar agora é a organização social, que influencia muitos aspectos de ambas sociedades.

Nos Estados Unidos existe uma tendência de exageraro individualismo em quanto o Brasil é uma sociedade muito voltada para o lado social, ou seja, de comunidade. Acho que ambas coisas, num grau equilibrado, podem ser boas e com certeza se complementam.

O lado positivo da sociedade Americana é que é uma cultura que promove a independência e a expressão livre do individuo, tanto em palavra quanto em ação. Isso nos deixa mais livres para nos aventurarmos fora do que as pessoas esperam de você, para viver SUA VIDA à sua maneira.

Os Brasileiros, em geral, são seres muito sociais e amigáveis. A vantagem disso é que o Brasil tem muitíssimo calor humano, muito contato com as pessoas, muita facilidade de conhecer pessoas novas e é o motivo principal porque nós (os estrangeiros) gostamos daqui tanto.

Veja também:  Entrevista com brasileira que mora nos EUA - parte 1

Tem muitos brasileiros que acham que o resto do mundo tem imagem ruim do Brasil, mas 95% das pessoas no exterior adoram o Brasil e os Brasileiros.

(to be continued…)

Ueritom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *