Entrevista com brasileira que mora no Canadá – parte 1

Este post já foi lido 825 vezes desde 27/06/2015

Hoje publico aqui no blog mais uma entrevista com brasileiros que moram no exterior, mais especificamente em países de língua inglesa. A entrevistada da vez é a Alcira Sá, que está morando atualmente em Calgary, no Canadá. Ela se mudou há alguns meses apenas e contará sua experiência até o momento, bem como o porquê de ela ter se mudado para lá.

Ela autorizou a divulgação do seu e-mail para contato. Sendo assim, se alguém quiser tirar dúvidas relacionadas ao Canadá ou à sua viagem, mande e-mail para [email protected]. Aproveite para ver outras entrevistas já publicadas aqui no blog.

A entrevista é um tanto extensa, e por isso a dividi em 3 partes. Hoje estou publicando a primeira.

***

1. Nome, idade, onde mora atualmente.

R: Meu nome é Alcira, tenho 43 anos e moro atualmente na cidade de Calgary, no Canadá.

2. Onde você morava no Brasil? Porque resolveu ir ao Canadá?

Veja também:  Entrevista com professora de inglês - parte 1

R: Morei em muitas cidades no Brasil: Recife, Fortaleza, Salvador, Belo Horizonte, São Paulo e Vitória (ES). Minha família e eu resolvemos mudar de país em busca de melhor qualidade de vida. Ou seja, trocamos “alto padrão de vida” no Brasil por “qualidade de vida” no Canadá, pois acreditamos ter direito a escolher onde iremos viver e criar nossos filhos e em quais condições. Gosto do Brasil e de nossa gente, mas fiz uma escolha baseada em questões pessoais e em alguns índices que dão sustentação a algumas dessas questões. (PS: Você pode ver esses índices aqui)

Morar no Canadá

 3. Como é a burocracia para entrar no Canadá?

R: Pois é, acima eu disse acreditar em ter direito a escolher onde irei viver, mas todos nós estamos inseridos em sistemas sociais e precisamos respeitá-los, não é mesmo? Então, para ter direito a viver legalmente no Canadá, minha família e eu passamos por uma longa, desgastante e dispendiosa avaliação do governo canadense e obtivemos um visto chamado de Residente Permanente, que nos dá direitos iguais a todo canadense, exceto votar. Mas, depois de termos vivido por três anos em terras canadenses, poderemos aplicar para obter a cidadania canadense, ou seja, teremos de nos submeter a outra avaliação com outros parâmetros. E assim, adquirir direitos irrestritos. Portanto, é bastante burocrático poder viver legalmente no Canadá, mas é possível, se você “é” ou “tem” o que os canadenses precisam. Quem desejar saber como é esse processo, pode acessar o site do governo canadense e obter informações precisas. Abaixo alguns links:

Veja também:  Entrevista com blogueiros – Denilso de Lima – parte 2

4. Você está há quanto tempo por aí? Quanto tempo ficará ainda?

R: Eu cheguei no dia primeiro de Dezembro de 2013, ou seja, há sete meses. Não vim para o Canadá pensando assim (Quanto tempo ficará ainda?), penso que preciso reconstruir a vida e fazer dar certo, independente do tempo. Em minha opinião, o Canadá é um ótimo país, onde você tem oportunidade de estudar, trabalhar, fazer amigos e viver uma vida digna e tranquila.

***

Esta foi a primeira parte da entrevista com a Alcira. Fique no aguardo das partes 2 e 3.

4 comentários em “Entrevista com brasileira que mora no Canadá – parte 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *