Foque no vocabulário mais importante

Este post já foi lido 3394 vezes desde 27/06/2015

Uma das coisas necessárias para se aprender bem um idioma é conhecer o seu vocabulário. Porém você não deve tentar conhecer todas as palavras do idioma. Primeiro, porque é impossível. Segundo porque você ficaria desanimado em ver quantas palavras existem para serem aprendidas.

Isso vale também para a língua inglesa. Segundo o dicionário Oxford, existem mais de 250 mil palavras na língua inglesa (o texto fala em “a quarter of a million“, ou seja, um quarto de milhão – faça as contas), sendo que cerca de 171 mil estão em “uso corrente” e mais de 47 mil são obsoletas. Mais de 47 mil palavras que caíram em desuso!

O fato é que é impossível aprender 171 mil palavras. Nem um falante nativo de inglês conhece todas. Até porque muitas delas são regionalismos, palavras faladas apenas em determinadas regiões de um país, ou até em outro país, pois a língua inglesa é amplamente falada no mundo todo.

Além disso, existem também as palavras “específicas” para determinadas áreas, como Engenharia, Biologia, entre outras. Na maioria destes casos, estas palavras específicas são pouco usadas.

difficult vocabulary

Sendo assim, se você for um falante “comum”, não vale a pena aprender estas palavras, pois você dificilmente as usará no dia a dia.

Por fim, existem palavras que não são de áreas específicas e aparecem raramente. Você por exemplo sabe o que é obsequitous? Esta é uma palavra que não se vê todo dia.

Meu ponto é: não perca (tanto) tempo focando em palavras que não serão usadas no dia-a-dia. Foque em palavras/expressões mais comuns. Se você conhecer boa parte das 3000 palavras mais comuns do inglês, já terá meio caminho andado.

Quando você não conhecer uma palavra em uma frase, na maioria dos casos você poderá deduzir seu significado pelo contexto. Em todo caso, é sempre bom consultar um dicionário para ter certeza se entendeu corretamente.

Caso você trabalhe em alguma área mais técnica, você precisará conhecer o jargão da sua área. Neste caso, recomendo que leia e ouça materiais relacionados. Você estará tanto aprendendo mais sobre a sua profissão quanto praticando o seu inglês.

De resto, não vale a pena focar em palavras que você possivelmente verá uma vez (ou poucas vezes) na vida.

O que você acha sobre este ponto de vista? Concorda? Discorda? Deixe comentário!

Até mais,

Ueritom

5 Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.