Formas de tratamento em inglês

Este post já foi lido 4686 vezes desde 27/06/2015

As formas de tratamento em português, como em qualquer outra língua, são muito importantes. Por isso, vou falar das formas de tratamento em inglês e algumas diferenças fundamentais e engraçadas entre as duas línguas.

Nós, em português, usamos muito o “você” (ou “tu“, dependendo da região), o que é facilmente traduzido por “you”, o que é algo um tanto mais informal. Mas, quando estamos numa situação formal como vai tratar a outra pessoa?

formas de tratamento em inglês

Entre as formas de tratamento mais conhecidas está o “Mr.” que é uma abreviatura de “Mister” ou “Mrs”  a abreviatura de “Mistress” (que é o feminino de “Mr”). Estes títulos são equivalentes a “Senhor” e “Senhora” em português. No entanto, “Mrs” é usado quando geralmente quando a senhora é casada. Se não for casada é chamada “Miss” (que pode ser traduzido como “Senhorita“). Além disso, tem que ter sempre o sobrenome da pessoa após este título. Exemplo: “Mrs Jones”. Se quiser mencionar uma senhora que não conhece e não sabe o sobrenome, pode sempre usar “Lady” ou, no caso de ser um senhor, “Gentleman”. Estes são os títulos mais fáceis e, provavelmente, já os conhece.

Existem também outros casos mais curiosos que nos enganam facilmente e que diferem muito entre o inglês e o português. Como, por exemplo, os casos de “Professor” e “Doctor”. Dá mesmo vontade de chamar um professor de “Professor” e um doutor de “Doctor”. Mas aí é que está o problema. “Professor”, em inglês, só é aplicado a professores universitários. Os professores de ensino secundário são chamados apenas pelo nome ou pelo apelido e os professores dos primeiros anos de escola como “Teacher”. “Doctor” só é aplicado a médicos, não pode ser aplicado a qualquer doutor da universidade. Se, por exemplo, se trata de um doutorado em línguas vai ser chamado “Mr.” e não “Doctor”.

Interessante, não é?

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *