O que acontece com o cérebro quando aprendemos um novo idioma?

Este post já foi lido 1457 vezes desde 27/06/2015

Que aprender coisas novas “mexe” com o cérebro, creio que não seja novidade. Falei um pouco sobre isto nos posts O cérebro e o aprendizado de idiomas e 10 vantagens psicológicas de se aprender um novo idioma. O que nem todo mundo sabe é que aprender novos idiomas pode fazer o cérebro crescer.

Pelo menos é o que indica um estudo realizado na Suécia e divulgado no ano de 2012. Neste estudo, foram “recrutados” jovens das Forças Armadas daquele país, bem como  estudantes universitários de duas universidades suecas. Ao primeiro grupo foi pedido que estudassem idiomas de forma intensa, durante 13 meses. Ao grupo dos universitários foi pedido que estudassem também intensamente outras áreas do conhecimento.

cerebro aprendizado idiomas

Os cérebros dos alunos de ambos os grupos foram escaneados antes do início do estudo e após 3 meses. No grupo que estava estudando idiomas, notou-se um aumento na região do hipocampo, que é uma região do cérebro responsável pela memória, entre outras funções.

Este artigo foi publicado originalmente pela Universidade de Lund, na Suécia, e foi divulgado pela imprensa de vários lugares, inclusive por aqui.

Apesar de não se poder generalizar, tem-se aqui uma evidência de que aprender idiomas faz bem ao cérebro. Diz-se também que aprender novos idiomas pode retardar o aparecimento de Alzheimer. Sendo assim, quando você estiver desanimado para aprender inglês ou conhece alguém que esteja, pense nisso. Se você precisava de um bom motivo para aprender inglês, ou qualquer outro idioma, agora você tem dois. 🙂

Até mais,

Ueritom

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *