Plural dos substantivos (plural of nouns)

Este post já foi lido 7580 vezes desde 27/06/2015

Dando continuidade a falar sobre substantivos, hoje tentarei dar um resumo sobre como se  forma o plural dos substantivos em inglês. A regra geral, assim comoo na nossa amada Língua Portuguesa, é a mesma: acrescentar s no final da palavra. Ou seja, assim como em português o plural de casa é casas, em inglês o plural de house é houses.

Essa é a forma “regular” de se fazer o plural dos substantivos em inglês. Isso não quer dizer, no entanto que assim como a palavra em português (no caso, casa) é “regular”, não quer dizer que necessariamente a expressão em inglês (no caso, house) será sempre “regular” também. Cada caso é um caso.

Seguem alguns exemplos de substantivos na sua forma singular e plural:

  • car – cars
  • dog – dogs
  • cloud – clouds
  • animal – animals
  • item – items

Cabe aqui fazer uma pequena observação, mas que não deixa de ser importante: em português, as palavras terminadas em –l são substituídas por -is no plural. É o caso da palavra animal, que em português tem o plural animais. No inglês, apenas acrescenta-se s, ficando animals. O mesmo ocorre com as palavras terminadas em -m que mantêm a letra e acrescentam apenas s. Ex: items

Plurals

Além da regra geral, temos outras possibilidades de formação dos substantivos no plural, que seriam basicamente as seguintes:

FINAL -ES

Alguns substantivos terminam em -es na sua forma plural. Normalmente estes possuem as seguintes terminações no singular:

  • -sh => Ex: bush – bushes;
  • -ch => Ex: watch – watches;
  • -s   =>  Ex: class – classes;
  • -x   => Ex: box – boxes;
  • -z   => Ex: buzz – buzzes;

Além disso, existem os substantivos terminados em -y, que são um “caso à parte”, por existirem duas possibilidades. Essas possibilidades seguem a mesma regra para conjugação dos verbos terminados em -y, na terceira pessoa do singular do tempo presente. Ou seja, caso a letra antes do y seja uma vogal, segue a regra geral. Ex: toy – toys (antes do y tem a letra o, que é uma vogal).

Além disso quando a palavra termina em -y e é precedida por uma consoante, o final será diferente. Neste caso, será removido o y e será substituído por -ies (ou, se preferir, substui-se o y por i e acrescenta-se -es). Ex: babybabies.

Os substantivos terminados em -e também acrescentam apenas s. Ex: face – faces.

SUBSTANTIVOS COM PLURAL IRREGULAR

Existem alguns substantivos, assim como acontece com alguns verbos irregulares, que não possuem uma regra específica. O jeito é decorar essas palavras, ou se acostumar com elas no uso diário.

Veja exemplos:

  • man – men
  • child – children
  • mouse – mice
  • foot – feet
  • tooth – teeth
  • goose – geese
  • ox – oxen
  • louse – lice
  • woman – women

Para finalizar, temos alguns “casos” em especial:

1. Substantivos terminados em -o

a) alguns deles terminam em -es.

Ex: echo – echoes, hero – heroes, potato – potatoes, tomato – tomatoes.

b) alguns apenas adicionam -s no plural.

Ex: auto – autos, kilo – kilos, piano – pianos, studio – studios, video – video, tattoo – tattoos.

c) Outros ainda admitem tanto uma forma quanto outra.

Ex: mosquito – mosquitos/mosquitoes, tornado – tornados/tornadoes, volcano – volcanos/volcanoes, zero – zeros/zeroes.

 2. Substantivos terminados em -f ou -fe :

a) a maioria desses substantivos tem o plural formado removendo-se o f (ou fe)e substituindo-se por -ves.

Ex: half – halves, knife – knives, life – lives, thief – thieves, wolf – wolves.

b) Existem, no entanto, aqueles que seguem a regra geral e tem apenas o -s acrescentado no final.

Ex: belief – beliefs, chief – chiefs, roof – roofs.

3. Alguns substantivos possuem a mesma forma para o singular e para o plural

Ex: deer – derr, fish – fish, means – means, sheep – sheep, species

Obs: existe também a palavra specie, porém com outro significado.

4. Palavras “emprestadas” de outros idiomas (principalmente se for do latiom ou do grego), possuem plurais próprios. Veja alguns exemplos:

  • criterion – criteria
  • phenomenon – phenomena
  • cactus – cacti/cactuses
  • stimulus – stimuli
  • formula – formulae/formulas
  • vertebra – vertebrae
  • crisis – crises
  • hypothesis – hypotheses
  • oasis – oases
  • appendix – appendices/appendixes
  • index – indices/indexes
  • bacterium – bacteria
  • curriculum – curricula
  • datum – data
  • medium – media
  • memorandum – memoranda

Bem, creio não ter esquecido de nada. Parece meio confuso a princípio, mas com o tempo você pega o jeito da coisa. Boa parte dessas palavras não são de uso muito comum, então você irá usá-las apenas em casos específicos

Em todo caso, se restarem dúvidas, é só entrar em contato. Até mais!

Ueritom

12 Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *