Existem palavras que possuem pronúncia e/ou grafia parecida com outras, e seus usos acabam sendo confundidos com certa frequência. Em português, temos como exemplos “clássicos” as palavras seção/sessão/cessão