Verbos de ligação em inglês

Este post já foi lido 6702 vezes desde 27/06/2015

Um verbo geralmente descreve uma ação. No geral, verbos são ações que você faz. Existe, no entanto, uma exceção para esta regra. Alguns verbos não descrevem nenhum tipo de ação. A função chave destes verbos é conectar uma parte da frase com a outra. Este verbos são os verbos auxiliares e os verbos de ligação. Este artigo tem como intuito te ajudar a entender melhor o significado dos verbos de ligação. Além disso, você será capaz de entender como usá-los.

Funções dos verbos de ligação

Para entender a função de um verbo de ligação, você pode imaginar um colar composto por vários elos. Se você remover apenas um dos elos, não mais existirá o colar. Ele irá se tornar uma corrente. Você tem que pensar em uma frase como se fosse um colar. Cada parte da frase pode ser considerada um elo. Quando estes elos são colocados todos juntos da maneira correta, temos uma frase completa. Para se tornar uma frase completa, nem sempre é necessário um verbo de ação. Quando um verbo de ação está faltando, um verbo de ligação é capaz de completar a frase.

verbos de ligação em inglês

Os verbos de ligação podem conectar o sujeito à informação. Para entender melhor, imagine uma banana. Se alguém te perguntar qual a cor da banana, você pode dizer apenas “Yellow”. Esta é a informação que é fornecida sobre a banana. Agora, se alguém te perguntar a mesma coisa e você for responder com uma frase completa, você terá que dizer “A banana is yellow”. Aqui, “is” é o verbo de ligação. Ele é importante neste caso, pois sem ela a frase ficaria sem sentido. Além disso, ficaria incompleta também. Pense na frase “A banana yellow”. Esta frase está completa? O que você acha?

Tipos de verbos de ligação

Alguns verbos sempre serão verbos de ligação:

  • Conjugações do verbo to be;
  • Conjugações do verbo to become;
  • Conjugações do verbo to seem;
  • Verbos que são de ação mas que podem ser de ligação em certos casos;

Algumas das formas do verbo to be são: am, is, are, have been, has been, was, were, is being, was being. Algumas formas do verbo to become: “become”, “became”, “become”, “had become” and “has become”. Estas formas, além das conjugações do verbo to seem, sempre serão verbos de ligação.

Por outro lado, alguns verbos têm “dupla personalidade”. Este verbos podem ser tanto verbos de ligação quanto verbos de ação. Alguns exemplos são “Look”, “taste”, “smell”, “feel”, “sound”, “remain”, “prove”, “grow”  “appear”, “turn”, “stay”, “get” e “turn” .

Identificando um verbo de ligação

É relativamente fácil identificar um verbo de ação e um verbo de ligação.  Em primeiro lugar, você precisa verificar a frase e se perguntar se o sujeito pode realmente fazer o que o verbo está sugerindo. Analise esta frase: “The car smells new”. Aqui você precisa perguntar a si mesmo se o carro pode smell ou não. Sabemos que um carro não pode cheirar. Com um pouco de bom senso, você será capaz de entender. Em alguns casos, no entanto, isto pode ser um pouco confuso. Se considerarmos uma frase onde o sujeito realmente pode fazer a ação, poderá causar dúvidas. Neste caso, a pessoa deve ser capaz de julgar a intenção na frase. Veja este exemplo: “This man smells funny”. Aqui você deve analisar se um homem pode cheirar ou não. Neste caso, sabemos que sim, mas você deve encontrar a real intenção da frase. Neste caso específico, a intenção é fornecer mais informação sobre o sujeito.

list of linking verbs

No entanto, os verbos de ação são mais comuns do que os verbos de ligação. No geral, os verbos de ligação dizem aos leitores informações a respeito de lugares, coisas, ideias ou pessoas. Por outro lado, os verbos de ação possuem uma infinidade de funções.

Em caso de dúvidas, fique à vontade para entrar em contato.

Até mais,

Ueritom

One Comment

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.